O que conhecer na Suécia?

A Suécia é um dos países mais desenvolvidos do mundo, servindo como referência sobretudo por possuir um dos menores índices de desigualdade econômica, social e claro, por ser descendente dos famosos vikings. A maior parte do território Sueco é cortado por água e grandes florestas, enquanto o litoral conta com uma enorme quantidade de ilhas e penínsulas.

No norte do país, as temperaturas são bastante extremas, por fazerem parte do Círculo Polar Ártico. Antes de pontuar os locais ideais para visitação, a principal dica é em relação à própria moeda, chamada de coroa sueca. Jamais viaje apenas com papel moeda, sobretudo porque em alguns locais, aceita-se apenas cartão de débito ou crédito.

E ao contrário do que a maioria possa imaginar, esse fato vale tanto para compras maiores, quanto menores. Confira alguns locais indispensáveis em seu roteiro por lá: 

Hagaparken: é um dos principais parques de Estocolmo (maior cidade e capital da Suécia, onde é comum encontrar pontos de interesse interligados por pontes. A melhor maneira de conhecer o local de fato, é caminhando), ideal sobretudo para os visitantes que prezam por desfrutar de um dia tranquilo.

Por lá, é possível caminhar, andar de bicicleta, aproveitar momentos em família e ainda praticar outros exercícios físicos. Dentre as diversas atrações no Hagaparken (como a residência oficial monárquica), a mais visitada é a Casa das Borboletas! 

Gotemburgo: apesar de ser a segunda maior cidade da Suécia, ainda está longe de possuir a fama de Estocolmo. Mesmo assim, há diversas atrações possíveis de serem realizadas por lá. Muitos não sabem mas existe a possibilidade de fazer um cruzeiro entre Estocolmo e Gotemburgo, com uma vista incrível para as montanhas e outros diversos lagos.

Em Gotemburgo, é possível encontrar diversas casas tipicamente suecas, além de vários cafés e restaurantes. Apesar de a gastronomia ser referência, há boatos a respeito dos altos valores. Mas não se preocupe, já que há diversas outras opções. Seus canais oferecem uma atmosfera parecida com Amsterdam, onde também é possível realizar passeios. 

Halmstad: cidade localizada na Costa Oeste da Suécia que estabelece sua fama e popularidade sobretudo pelas praias e atrações históricas e culturais. Há a possibilidade de diversas programações ao ar livre, incluindo museus.

Além disso, o local é responsável por atrair amantes de arte, justamente porque a maior Galeria de Arte da Suécia localiza-se ali. Aproveite para executar outras atividades ao ar livre nas Cataratas Danska ou Prins Bertils. 

Uppsala: esta pode ser a opção ideal para os visitantes que estão passando alguns dias em Estocolmo, sobretudo por estar localizada a menos de 40 minutos de carro. O local é bastante charmoso, com uma atmosfera incrível do século XIII.

Há atrações culturais que possibilitam aprender histórias dos nórdicos (vikings, por exemplo), além de casas, jardins e afins. Para quem estiver pensando em fazer compras, também pode ser o local ideal. São muitas lojas, cafés e restaurantes de altíssima qualidade localizados em um só lugar. 

Parque Nacional de Sarek: é um dos parques naturais mais belos e famosos da Europa. Não há nenhum tipo de acesso (não há estradas) que não seja através de helicóptero ou à pé. Além de ser um dos cenários mais incríveis do mundo, é uma oportunidade única de admirar a riqueza da flora e fauna (águas, ursos, renas, entre outros) locais. Inclusive, um passeio por lá pode possibilitar diversos tipos de programações, indo desde a prática de esportes radicais como esqui, – em algumas épocas do ano – ou simplesmente admirar a paisagem incrível.

Apesar de as trilhas serem bem sinalizadas para quem decide ir a pé, tome cuidado. É necessário possuir preparo físico, até mesmo para subir o relevo íngreme do local. 

O que conhecer na China?

Dicas de Tóquio