O que conhecer na China?

A China é um dos maiores países do mundo e guarda diversas surpresas, principalmente por seu legado histórico, cultural e gastronômico. Além de claro, cenários incríveis em paisagens de tirar o fôlego, contrastando com a modernidade que vigora por lá, sobretudo através de arranha-céus enormes e imponentes.

A maioria dos brasileiros ainda não conhecem a China, principalmente porque o câmbio para lá não é dos mais acessíveis, idioma considerado “difícil” e também há um certo desgaste físico até o local, devido às longas distâncias. Mas ao contrário do que muitos pensam, pode valer cada esforço. Confira algumas dicas de locais que você não pode deixar de conhecer por lá, em uma possível visita:

Pequim: além de ser a capital do país, é por lá que os turistas costumam entrar, já que a maioria dos voos são operados diretamente para Pequim. Trata-se de uma megalópole com mais de 20 milhões de habitantes e histórias milenares. Ao andar pelas ruas, além de encontrar traços da arquitetura tipicamente chinesa, encontra-se também importantes edifícios ou monumentos que representam fatos históricos.

Sem dúvidas, é o melhor local para entrar em contato direto com a cultura da China através de diversas programações, desde as mais calmas até as mais agitadas. Além disso, é lá onde está a famosa Muralha de China, responsável por atrair diversos turistas ao redor de todo o mundo. Os templos também são outras atrações incríveis e imperdíveis, além dos charmes das ruelinhas encontradas em um simples passeio. Se possível, não deixe de visitar o Templo do Céu e o Palácio de Verão. 

Xangai: além de ser outra porta de entrada e saída do país, é a segunda cidade mais famosa da China. Se você é um daqueles viajantes que curte modernidade, então estará escolhendo o lugar certo! Xangai possui uma infinidade de arranha-céus que se tornam ainda mais espetaculares durante a noite, já que suas luzes são acesas e iluminam toda a cidade.

Por isso, não deixe de apreciar o local de cima através de torres altas como a Pearl Tower ou Jin Mao Tower. É em Xangai onde está o centro financeiro, econômico e tecnológico do país, além de ser o local com a vida noturna mais agitada do planeta.

Hangzhou e Suzhou: são duas cidades bem próximas à Xangai (Shanghai) que realmente compensam conhecer. Como ambas são cortadas por canais, são comumente comparadas à cidade de Veneza, na Itália.

Não se espante ao encontrar gôndolas e afins, já que realmente fazem jus à comparação! Partindo de Shanghai, a viagem levará pouco mais de 1 hora de trem bala. Em Hangzhou, as principais atrações são as plantações de chá, os templos e o famoso Lago Oeste. Enquanto Suzhou destaca-se por fazendas de pérolas e diversas lojas de roupas e acessórios, principalmente vestidos de noiva. É fascinante! 

Além das cidades, também há paisagens incríveis. Confira algumas dicas:

Lago das Cinco Flores: localizado no Parque Nacional de Jiuzhaigou, o cenário parece ter sido pintado delicadamente sobre uma tela. Nas redondezas, é possível encontrar outros lagos, além de cachoeiras e montanhas. Para chegar até o local, é necessário guia e carro ou ônibus que parta de Xian.

Plantações de arroz: pode parecer “comum” no Brasil, mas na China, não é. Os chineses desenvolveram técnicas de plantio de arroz que dependem da inundação da terra das montanhas. Sendo assim, é possível visitar alguns locais como os campos Hani, sobretudo entre os meses de fevereiro e março, quando os “terraços” de água são preparados e os raios de sol incidem na terra. As cores ficam verdadeiramente incríveis, parecendo um desenho. 

Outras paisagens:

Montanhas de Yangshuo;
Montanhas Wuyi;
Lago Yueyaquan;
Lago Karakul;
Caverna Reed Flute, entre outros. 

Como viajar mais em 2019?

O que conhecer na Suécia?